Home / Noticias / Bom Jesus de São José dos Pinhais vai ser ampliado

Bom Jesus de São José dos Pinhais vai ser ampliado

Grupo Bom Jesus vai ampliar a capacidade de alunos no colégio e na FAE em São José dos Pinhais.

Grupo Bom Jesus vai ampliar a capacidade de alunos no escola e na FAE em São José dos Pinhais.| Foto: Divulgação Grupo Bom Jesus

O Grupo Educacional Bom Jesus está expandindo a estrutura tanto nas escolas porquê no FAE Meio Universitário. Além de erigir duas novas torres na sede de São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, o grupo vai perfurar uma novidade escola em Santa Catarina e ampliar uma das unidades na capital paranaense.

Em São José dos Pinhais, duas novas torres serão construídas ao lado da sede atual, aumentando a superfície dos atuais quadrados de 6,3 milénio metros quadrados. A previsão é de que as obras comecem em 2022, com o espaço sendo ocupado por alunos no início de 2024.

Com uma novidade estrutura, o grupo vai mais fazer o reforço da capacidade do escola, indo dos atuais 720 alunos para 2 milénio. Na FAE, a capacidade vai triplicar de 515 para 1,5 milénio estudantes.

Um dos novos prédios de São José dos Pinhais terá dois únicos para o ensino infantil. Serão 1,9 milénio metros quadrados com 15 salas de lição, recinto enroupado, ingressão exclusiva para veículos de pais buscarem os filhos, miniquadra e minicidade para ações educativas.

O outro pavimentos que serão ocupados por cinco alunos médios do ensino médio terá a FAE, além do setor administrativo. O imóvel também terá 15 salas de lição, laboratórios, livraria e um estacionamento no subsolo com 120 vagas.

“Esses novos prédios vão se juntar à nossa estrutura já existente para atender a demanda que vem crescendo tanto do escola, quanto do meio universitário em São José dos Pinhais”, explica o diretor-geral do Grupo Educacional Bom Jesus e reitor do Meio Universitário FAE Jorge Apóstolos Siarcos. O valor do investimento nas duas novas torres, muito com outras obras de expansão, não são divulgadas pelo grupo.

Novo escola em Santa Catarina

Quatro anos depois inaugurar as duas escolas em Santa Catarina, nas cidades de Itajaí e Palhoça, o Bom Jesus planeja uma nona unidade no estado vizinho. O projecto é de que até 2025 o grupo inaugure um escola em Porto Belo, também no litoral catarinense.

O novo escola em Santa Catarina terá 40 salas de lição para atender 1,2 alunos. A unidade, que terá aproximadamente 15 milénio metros quadrados, vai atender alunos da ensino infantil e ensino médio.

Ampliação de escola em Curitiba

Na capital paranaense, o projecto é expandir a unidade Bom Jesus no bairro Seminário, inaugurado em 2020. O projeto de expansão dessa escola ainda está em estudo. Mas a previsão é de que obra começará já em 2022, com previsão de epílogo em 2024.

A capacidade da unidade do Seminário vai quase triplicar, subindo para 480 alunos. “Em somente anos o escola do Seminário lotou completamente, por isso será construído duas mais salas de lição”, afirma o diretor do grupo.

FAE

No ano que completa 65 anos FAE Meio Universitário vem registrando em 20 anos a maior procura por nos últimos 22 anos. O que levou o grupo a lançar dois novos cursos e estender outros dois para uma modalidade integral, com aulas nos períodos da manhã e tarde, com experiências além das práticas do teor convencional. Os novos cursos são Ciência de Dados para Negócios e Informação Do dedo. Já os cursos que passam a ser integrais são Arquitetura e Urbanismo e Ciências Econômicas.

“Esses cursos foram lançados juntos com o mercado. Eles não têm somente uma visão acadêmica. Fomos ouvir porquê empresas para ajustar os cursos aos do mercado”, explica Siarcos. Segundo o diretor, mais cursos devem ser lançados, entre eles, um de saúde. “Estamos ouvindo hospitais, planos de saúde clínicas, e outros estabelecimentos de saúde para saber a premência de mão de obra nessa superfície”, aponta Siarcos.

Ele cita o caso do laboratório compartilhando com a Renault. A estrutura usada pelos estudantes do FAE Lab inaugurada em 2019 no Meio de Curitiba é a mesma em que a montadora francesa são características e atualizadas para trabalhar na fábrica de São José dos Pinha.

“A Renault capacita seus funcionários no nosso laboratório e esse mesmo ensino é repassado por nossos alunos aos alunos. Quando se forma, nosso aluno está capaz a ocupar um posto de gestão e liderança nas linhas de montagem da Renault”, explica Siarcos.

Ainda em relação à ensino de nível superior, o grupo vem apostando no ensino presencial. “A demanda por aulas presenciais ficou muito reprimida nos últimos dois anos, o que se tornou um nicho para nós”, complementa o reitor da FAE.

About

Check Also

Jovem é surpreendido com tiros e morto em São José dos Pinhais

Segundo a mãe, que desabafou a Orquestra B, uma mulher avisa sobre o ocorrido Por …

Call Now Button