A Cristiane companhia Lúcia Duarte Zen, de 49 anos, foi morta a tiros depois uma suposta tentativa de assalto, no final da tarde desta sexta-feira (16), em frente a uma loja de produtos agropecuários, na BR-376, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Câmeras de segurança registraram o momento exato em que o violação aconteceu.

Nas imagens, é verosímil ver dois suspeitos se aproximando da vítima, efetuando os disparos e fugindo do lugar na sequência (assista inferior).

O socorrista Marcelo Pereira, do Resgate Voluntário Parceiros da Vida, contou em entrevista à Margem B que a mulher foi atingida na cabeça e morreu no lugar. “Foi acionado o Siate e o Resgate Voluntário deslocou em espeque. Na chegada, nos deparamos com uma senhora no interno de uma caminhonete, já em paragem cardiorrespiratória. Foi localizado um ferimento de arma de queimação no sangue da vítima, na região próxima da nuca ”, disse Pereira.

Uma amiga da vítima, que preferiu não se identificar, afirmou que Cristiane tinha uma granja em Tijucas do Sul, na região metropolitana de Curitiba, e vinha todas as sextas na loja de produtos agropecuários.

Cristiane Lúcia Duarte Zen (Foto: Reprodução / Instagram)

Ela era casada há 25 anos e deixa dois filhos.