A Polícia Social de São Paulo prendeu, nesta quinta-feira (30), a quadrilha responsável pela morte do secretário de Segurança de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, Ricardo Kush. A informação foi confirmada pelo atual ocupante da pasta municipal, Jefferson de Souza, em vídeo publicado nas redes sociais.

Ricardo Kush morreu em seguida assalto em São Paulo (Divulgação)

Segundo as investigações, a quadrilha é acusada de roubo seguido de morte.

Em vídeo publicado pela Municipal, o mandatário Christian Nimoi lamentou a trágica morte, mas garantiu que a Polícia Social está fazendo o verosímil para que a quadrilha não faça novas vítimas.

“Conseguimos identificar toda a quadrilha e prender a quadrilha e responsáveis ​​por ceifar a vida dele”, disse o comandante do 89° Região.

Kusch foi assassinado no dia 6 de março, depois de ser baleado em uma tentativa de assalto na Marginal Pinheiros, em São Paulo. Ele tinha 44 anos. Pelo menos quatro pessoas já haviam sido presas entre março e abril. A participação de cada um deles ainda não foi confirmada pelas autoridades.

Desde o início de março, Jefferson de Souza passou a ocupar o posto de secretário.